Enfermagem – Bacharelado

enfermagem-curso-14050152

Histórico do Curso 

A partir de 1988, iniciou-se o movimento pela criação do Curso de Enfermagem da UFMS, devido à carência de profissionais no Estado e a necessidade de melhorar a assistência de enfermagem no Núcleo do Hospital Universitário-NHU, constituindo-se o primeiro curso de Graduação no Estado. Constituiu-se então, uma Comissão no NHU (INSTRUÇÃO DE SERVIÇO nº 13/89 de 31/03/1989/Pró-Reitoria de Ensino), com os enfermeiros representados por sua chefia de enfermagem, para elaborar o projeto do curso, concluído no final do mesmo ano. Após análise da Comissão Permanente de Assuntos Didático- -Científicos da Pró-Reitoria de Ensino – PREG, foi apreciado e aprovado em reunião ordinária do COUN (Resolução nº. 004/90 do COUN de 23/03/1990), sob a denominação Curso de Enfermagem e Obstetrícia, com Habilitação em Enfermagem Geral e 40 (quarenta) vagas anuais, em regime de Seriação. Em julho de 1990, a Preg constituiu uma comissão visando a implantação do Curso de Enfermagem e Obstetrícia na UFMS a partir do 1º período letivo de 1991. Em 17 de outubro de 1990, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – Coepe apreciou a primeira proposta de Estrutura Curricular do Curso de Enfermagem e Obstetrícia, com a carga horária de 3.240 horas (Resolução nº. 151 de 26/10/1990). Em dezembro de 1990, houve a elaboração do Plano Diretor do Curso de Enfermagem, configurando-se o marco teórico do curso, a Enfermagem como Prática Social. Assim, o Curso teve seu primeiro vestibular no final de 1990 e sua primeira turma iniciou em fevereiro de 1991. No final do mesmo ano, o Curso foi avaliado pela Comissão de Avaliação do Funcionamento do Curso – MEC com parecer favorável. O reconhecimento do curso foi concedido pela Portaria MEC nº 082/95 de 03/02/1995, publicada no Diário Ofi cial da União de 6/2/1995, por um período de 4 anos e obteve os seguintes conceitos: Corpo Docente – CB; Organização Didática Pedagógica – CB e Instalações Físicas – CB.

Com o advento das Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Enfermagem – DCNs, (Resolução n° 03 de 07/11/ 2001-CNE), a Comissão de Currículo realizou em 2002, uma pesquisa junto ao corpo de docentes enfermeiros, voltada a desenvolver maior reflexão a respeito da formação do enfermeiro e a estabelecer estruturas curriculares que pudessem conter eixos norteadores para o Projeto Pedagógico do Curso frente às mudanças necessárias. A reformulação do PPC atendia às concepções de ensino da formação do enfermeiro propostas na Resolução n° 03/2001-CNE e as exigências no que se refere aos Estágios Supervisionados somente nos 2 (dois) últimos semestres, além da inserção da disciplina Trabalho de Conclusão de Curso. No entanto, a matriz curricular concebida era por disciplinas das diferentes áreas de conhecimentos. Por outro lado, o desejo do corpo docente do Departamento de Enfermagem, sempre foi de apresentar uma proposta inovadora nos aspectos teórico-metodológicos, pois muitas disciplinas da área da enfermagem já vinham desenvolvendo suas práticas de ensino na perspectiva de metodologias de aprendizado ativo, mais centrado no estudante. Essa proposta inovadora foi implementada com o apoio do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profi ssional em Saúde-PRÓ-SAÚDE, do Ministério da Saúde. Sendo assim, o Projeto Pedagógico de 2002, foi reformulado coletivamente, no âmbito do Departamento de Enfermagem atendendo a Resolução nº 93 de 18/06/2003 da Câmara de Ensino – PREG


Notícias - Enfermagem


(Português do Brasil) Ensalamento Unidade VI – Primeiro semestre/2016

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Horário de atendimento da Secac nos dias 13, 18, 20 e 27/11 e 2/12

Informamos que nas quartas-feiras 18 de novembro e 2 de dezembro e sextas-feiras 13, 20 e 27 de novembro, devido a participação em curso de capacitação da Progep, a Secac/CCBS atenderá no período vespertino somente até às 18h. Os demais dias a Secac/CCBS estará atendendo normalmente.  

Período de Ajustes na Matrícula de 2015-2

Após várias reuniões entre Pró-Reitoria de Graduação e representantes das Unidades de Administração Setorial, foram estabelecidos o calendário de reposição de aulas do primeiro semestre letivo de 2015 e um período de ajustes na matrícula do segundo semestre letivo de 2015, pela Resolução Coeg Nº 491/2015. Datas importantes a serem cumpridas segundo a resolução: Período […]